Pesquisar este blog

Carregando...

As melhores bizarrices entre os vizinhos

Tem dia que não é mole, você perde o sono na noite anterior, acorda tarde e de ressaca, a casa tá de cabeça pra baixo, aí você resolve tomar um banho depois que acaba de organizar tudo. Quando vê, botou a toalha de banho pra lavar. Quando abre a porta do banheiro pra pegar (o chuveiro fica ligado pra aquecer a água) sente um cheiro forte de gás. A campainha toca enquanto você corria pra fechar o chuveiro. A água ficou ligada pouquíssimo tempo, mas já deu tempo suficiente, pra o porteiro estar batendo na sua casa e todo o prédio já ter interfonado ou descido pra portaria. Acho que quando abriu a água o gás não ligou, mas ficou vazando...

Pois é, viu quanta coisa pode acontecer em um minuto?

Bom nesse caso, com razão as pessoas estavam preocupadas, mas tenho presenciado várias reações intoleráveis de vizinhos com vizinhos, de moradores com porteiros, de moradores com o síndico e do síndico com os moradores. Não estou falando só do prédio onde vivo, mas de vários outros por aí e a tolerância zero das pessoas acaba em segundos.

Vamos ao ranking dos 5 maiores absurdos da vizinhança:

5-A campainha tocou e ela estava no banho, não se sabe quantas vezes tocou. Ela sai do banho e toca o telefone. Ela atende e é a síndica que pergunta, você está em casa? Dá vontade de responder, não isso é uma gravação! hahahaha, mas ela se limita a responder, tô sim. Então se você está, continua a síndica com voz de pouquíssimos amigos, quer fazer o favor de abrir a porta pro porteiro!!!! (Aí já tava gritando). Era um vazamento de água, que ela achava que era do apartamento, e que ela achava que fazia a moradora ser obrigada a abrir a porta da sua casa na hora que ela queria. Resultado o vazamento demorou pra ser resolvido... e dizem por aí que a síndica tem problemas conjugais e por consequência de humor...será?

4-Ela alugava o telefone de uma vizinha (na época era comum se alugar telefone, hoje se estalar os dedos tem um instalado todinho seu). Pagava religiosamente o aluguel com depósito bancário. Mas sei la´porque a dona do telefone achou que ela não estava pagando, ou como é comum por aí, resolveu saber se poderia receber mais algum, caso a inquilina não tivesse como provar. Foi direto pra Justiça. Alguém acredita nisso?!? Nem conversou, levou direto pra um advogado e processo!! Bom resumo da ópera, perdeu a causa porque, claro que existiam comprovantes de todos os depósitos. A moça acusada de caloteira foi boazinha e disse que se ela retirasse a queixa, não pediria nenhuma indenização. Resultado, a dona do telefone levou de gaiata uma outra vizinha de 80 anos como testemunha, dizem por aí que nunca mais seguraram a porta do elevador pra ela, aliás, já bateram com a porta na cara dela várias vezes.

3-Eles estavam recebendo alguns amigos em casa e resolveram passar o dia fora. Foram as compras, almoçaram e jantaram na rua. Lá pelas tantas da noite chegam em casa e sentam na sala pra ver um pouco de TV. Toca o interfone, era o porteiro. A senhora sabe o que é? É que a vizinha de baixo reclamou que tá o dia inteiro escutando barulho de pulos e móveis sendo arrastados aí na sua casa. Como assim?!? Enfurecida ela desce até a portaria e interfona pra vizinha que reclamou. Fulana desce agora porque nós vamos na delegacia e você vai registrar uma queixa descrevendo que barulhos ouviu hoje aqui. A vizinha desligava e ela interfonava repetindo o texto. Pra sorte da queixosa ela não desceu. Mas dizem por aí que o barulho que ela escuta é do dragão que ela vê batendo com a cauda no chão quando fuma uns baseados, e que quando por acaso é todo dia. hahahahahaha

2- Hoje é festa lá no meu apê \o/ Quem já não deu uma festinha e teve um vizinho mala batendo na porta e reclamando do barulho? Então lê essa... Ela sempre foi muito estabanada, anda pesadamente balançando o lustre da vizinha de baixo, arrasta móveis cedo demais pra faxina e escuta uma música ensurdecedora na hora da novela favorita dos vizinhos, dizem que ela já começa no jornal e emenda com a novela. Um dia cansada do trabalho sua vizinha liga a TV bem na hora de sua novela favorita e... FUNK!!! FUNK!!!! Pancadão do mais baixo nível e alto volume.
Grrrrrrrrrrrrrrrrrrr!!! Corre pra janela e grita olhando pro apartamento de cima: Olha a "altitude dessa música"!!!! hahahahahaha Altitude?!? Bom acho que altura não era suficiente pra descrever o volume. A queixa foi parar no livro de reclamações da portaria, no síndico. Resultado, um recadinho colado na portaria que dizia: Prezada moradora do apt. XXX quando me explicar o que significa "altitude da música" eu tomarei as providências cabíveis. hahahaha Erros a parte, dizem por aí que o síndico frequenta muito os bailes funks do apartamento em questão. kkkkk

1- Igual a essa eu desejo não ver nunca mais. Um prédio que tem um casarão abandonado na vizinhança só pode acabar com problemas de vizinhança. Invasão do casarão e acabou a paz. É cachorro amarrado o dia inteiro chorando, sabe-se lá se alimentam aquele bichinho? É criança berrando palavrão e atirando coisas nas janelas do prédio. E o FUNK!!! (mas esse é outo baile, rsrsrsrs). É briga de casal com direito a espancamento. Tem de tudo. Sabe como o vizinho de um andar alto desse prédio resolveu dar um fim nisso? Tacou um ferro de passar roupas do andar lá em riba no telhado da casa. Sorte não ter pego em ninguém. Resultado, justamente pela mira dele ser ruim (graças a Deus) agora, o número de moradores triplicou e no último churrasco dos invasores eles conseguiram derrubar uma árvore que bateu numa janela do prédio, entrando sala a dentro. O pior é que dizem que não há o que fazer porque a polícia não faz nada e o dono do imóvel mora fora do país.

Você reclama dos seus vizinhos? Que tal esses? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Fonte: Fases da Lua

Posted on quinta-feira, agosto 06, 2009 by Raul Pedro and filed under , , , | 2 Comments »

2 comentários:

Luna disse... @ 8 de agosto de 2009 03:07

Cara que máximoooooooo!!! Pela primeira vez tive um texto meu publicado em outro blog e fiquei muito feliz. Muito obrigada.
Vou virar frequentadora daqui ;)
Um beijo enorme,
Luna

Raul Pedro disse... @ 8 de agosto de 2009 03:34

Seja Bem Vinda Luna, é sempre assim quando acho algo interessante coloco aqui com a fonte se for necessário claro, parabéns pelo post ele já teve mais de 500 acessos e não se procupe que um bom trabalho sempre é bem reconhecido, e eu o reconheço queria convida-la para participar do blog de soluções para blogueiros, www.uniaodosblogueiros.blogspot.com, fique a vontade nno publica tudo Download, até mais, abraços.

Não Achou o que Procura Pesquise Aqui!

Pesquisa personalizada

Aviso Importante - Temos de Uso

Todos os links e Conteúdo que se encontram neste blog, estao hospedados na própria Internet, somente indicamos onde se encontra, não hospedamos nenhum arquivo,cd ou programas que seja de distribuiçao ilegal.
Qualquer arquivo protegido por algum tipo de lei deve permanecer, no máximo, 24 horas em seu computador.
Eles podem ser baixados apenas para Estudo, devendo o usuário apagá-lo ou compra-lo após 24 horas.
A aquisicao desses arquivos pela internet é de única e exclusiva responsabilidade do usuário.
Os donos, webmasters e qualquer outra pessoa que tenha relacionamento com a produção do blog nao tem responsabilidade alguma sobre os arquivos que o usuario venha a baixar e para que irá utiliza-los.
Termos de Uso
Os webmasters deste site, situados na url www.publicatudoinfo.blogspot.com ; seu servidor não são passíveis de serem processados judicialmente por causa de qualquer conteúdo publicado nessa página. Todos os arquivos contidos nessa página são com finalidade confidenciais e tem apenas fins de estudo e pesquisa, não podendo ser comercializado, reproduzido ou mesmo distribuído sem autorização dos respectivos titulares das obras originais.
Artigo 46 da legislação brasileira de direito autoral: III: A citação em livros, jornais, revistas ou qualquer outro meio de comunicação, de passagens de qualquer obra, para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor e a origem da obra.
Se você for usar qualquer arquivo desta página para qualquer outro fim, com exceção das finalidades originais, nós não somos responsáveis por suas ações ou qualquer resultado em conseqüência do uso deste site. Se você quiser usar um arquivo ou qualquer outro material baixado pelos links publicados neste site, você deve oficialmente comprá-lo após baixá-lo para testes, caso contrário, você provavelmente estará violando as leis de seu país.
Se você entrar neste site sem concordar com estes termos, você estará violando a cláusula 431.322.12 do ato da privacidade da internet assinado por Bill Clinton em 1995, quaisquer pessoas ou empresas que armazenam estes arquivos.