Pesquisar este blog

Bill Gates e a Delegacia Microsoft

Lembram-se da famosa tortada em Bill Gates? imagine o que aconteceria ao
reclamar em uma delegacia Microsoft!

- Delegacia de Polícia de Bruxelas, em que posso ajudá-lo?
- Bem... Hmmm... Eu acabei de receber uma torta de creme na cara.
- Muito bem. O senhor já chamou a Delegacia de Polícia de Bruxelas
anteriormente?
- Não.
- Então preciso lhe fazer algumas perguntas para atualizar nosso cadastro.
Seu nome, por favor?
- Bill Gates.
- País?- Estados Unidos.
- Língua falada?- Inglês
- Muito bem, senhor, sua identificação da Delegacia de Polícia é BP31415927.
Por favor use-a da próxima vez que chamar. Bom... O senhor disse que foi
atingido por uma torta de creme?
- Sim. Eu estava para entrar numa reunião com o Primeiro Ministro da Bélgica.
Uma pessoa me distraiu e uma outra me atingiu com uma torta.
- Temos outros clientes que se queixaram de terem sido atingidos na cara com
torta de frango.
O senhor tem certeza de que era uma torta de creme?
- Bem, eu estou com esse creme branco na cara, e não estou vendo nenhum pedaço
de frango, portanto não creio que possa ser uma torta de frango.
- O senhor ja visitou o Primeiro Ministro anteriormente?
- Sim.
- O senhor foi atingido por uma torta na ocasião?
- Não.
- Hmmm... O senhor visitou outros Primeiros Ministros no mês passado?
- Sim.
- Alguma torta?
- Não.
- Muito bem... Vamos tentar algo. Vá para fora do prédio e volte para dentro.
Eu espero.
- Um minuto...

alguns minutos depois

- Pronto, estou de volta.
- O senhor foi atingido por alguma torta?
- É claro que não!
- Bem, senhor, eu não sei o que possa ter causado a primeira torta, mas parece
que as coisas estão normais agora. Assim mesmo vou tomar nota do problema. Se
voltar a ocorrer, por favor pegue todos os detalhes da situação e chame-nos novamente.
Obrigado por chamar a Delegacia de Polícia de Bruxelas.
Fonte: Guia Foca Linux
Posted on quinta-feira, junho 25, 2009 by Raul Pedro and filed under | 0 Comments »

0 comentários:

Não Achou o que Procura Pesquise Aqui!

Pesquisa personalizada

Aviso Importante - Temos de Uso

Todos os links e Conteúdo que se encontram neste blog, estao hospedados na própria Internet, somente indicamos onde se encontra, não hospedamos nenhum arquivo,cd ou programas que seja de distribuiçao ilegal.
Qualquer arquivo protegido por algum tipo de lei deve permanecer, no máximo, 24 horas em seu computador.
Eles podem ser baixados apenas para Estudo, devendo o usuário apagá-lo ou compra-lo após 24 horas.
A aquisicao desses arquivos pela internet é de única e exclusiva responsabilidade do usuário.
Os donos, webmasters e qualquer outra pessoa que tenha relacionamento com a produção do blog nao tem responsabilidade alguma sobre os arquivos que o usuario venha a baixar e para que irá utiliza-los.
Termos de Uso
Os webmasters deste site, situados na url www.publicatudoinfo.blogspot.com ; seu servidor não são passíveis de serem processados judicialmente por causa de qualquer conteúdo publicado nessa página. Todos os arquivos contidos nessa página são com finalidade confidenciais e tem apenas fins de estudo e pesquisa, não podendo ser comercializado, reproduzido ou mesmo distribuído sem autorização dos respectivos titulares das obras originais.
Artigo 46 da legislação brasileira de direito autoral: III: A citação em livros, jornais, revistas ou qualquer outro meio de comunicação, de passagens de qualquer obra, para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor e a origem da obra.
Se você for usar qualquer arquivo desta página para qualquer outro fim, com exceção das finalidades originais, nós não somos responsáveis por suas ações ou qualquer resultado em conseqüência do uso deste site. Se você quiser usar um arquivo ou qualquer outro material baixado pelos links publicados neste site, você deve oficialmente comprá-lo após baixá-lo para testes, caso contrário, você provavelmente estará violando as leis de seu país.
Se você entrar neste site sem concordar com estes termos, você estará violando a cláusula 431.322.12 do ato da privacidade da internet assinado por Bill Clinton em 1995, quaisquer pessoas ou empresas que armazenam estes arquivos.